Como os cães escolhem os seus donos...

“Muita gente pensa que os cães escolhem seus humanos preferidos de acordo com a quantidade de comida e de tempo que cada pessoa dá ao animal. Mas a preferência dos cachorros pode ser um pouco mais complexa.
Apesar de tempo e alimentação serem bem importantes, existem vários outros fatores que podem influenciar a decisão dos cachorros sobre quem é o seu humano favorito na casa.
Um dos pontos mais importantes e que vai fazer com que o animal desenvolva laços bem fortes com o ser humano é a interação e socialização com o animal nos primeiros meses de vida ou quando ele chega em seu novo lar.
Até os seis meses de vida, os cérebros dos filhotes de cachorro são muito receptivos, então as experiências sociais que eles têm podem influenciar pelo resto de suas vidas. Por isso é tão importante nesse período que o cão tenha uma grande diversidade de interações positivas com uma grande variedade de pessoas, lugares e coisas.
Por exemplo, se durante esse período o cãozinho for criado apenas por mulheres ou tiver uma interação bem maior com humanos do sexo feminino, eles ficarão bem mais confortáveis na presença de mulheres e poderão não se dar tão bem com homens. Isso pode explicar, inclusive, o comportamento de cães que são adotados já mais velhos.
Porém, nunca é tarde para começar a socializar seu cãozinho. Quanto mais experiências eles e quanto mais pessoas eles conhecerem, será mais fácil ele se dar bem com novos humanos e fazer amigos.
Se você alimentar o cão, mas não oferecer para ele carinho e nem um tempo de qualidade para ficar com ele, o cão poderá trocá-lo facilmente por outro humano que goste de brincar e dar mais atenção para o animal. Atenção e carinho são coisas muito valorizadas pelos animais e que ajudam a estreitar os laços com seu humano.
Além disso, o cão pode associar a presença de certo humano com coisas divertidas e felizes, por isso é tão importante dar ao seu animal um tempo de qualidade. Não adianta ficar ao lado dele enquanto resolve coisas ao celular ou computador, os animais precisam de atenção. Brinque com seu cão, passeie com ele e converse. Conversar com os cachorros faz bem para eles e para os humanos.”

Fonte: I Heart Dogs - via Portal do Dog

Nenhum comentário:

Entrevista Globo- 16/08/2009- Vinícius Val Verde

Deixe seu email e receba nossas atualizações:

Confiram nossa entrevista 17/10/2011- Cristina Pinho entrevista Dra.Jackline Pinto

38 essências Florais

Os Florais de Bach atuam equilibrando as emoções de todos os seres vivos- Humanos, animais e vegetais.... e consequentemente alterando comportamentos... Abordagem simples das 38 essências dos florais de Bach:
Agrimony (para animais que demonstram alegria e estão tristes)
Aspen (para medo de algo que não se define)
Beech (para o critico e intolerante)
Cerato ( para falta de segurança e confiança em si mesmo)
Crab Apple (para fraca imagem de si, pessoa que não se aceita)
Clematis (para os que andam com a cabeça nas nuvens)
Centaury (para quem é submisso)
Cherry Plum (Para medo de perder o controle)
Chestnut Bud (para dificuldade de aprendizado)
Chicory ( para possessividade)
Elm (para sobrecarga de obrigações)
Gorse (para falta de esperança)
Gentian (para desanimo nas dificuldades)
Hornbean (para preguiça, falta de energia)
Heather (para os que chamam atenção a todo custo)
Honeysuckle (para os ligados ao passado ou aos que se foram)
Holly (para quem tem raiva)
Impatiens (para os que querem tudo no seu tempo e na sua hora)
Larch (para falta de confiança)
Mimulus (Para medo de coisas definidas)
Mustard (para depressão, tristeza profunda sem explicação)
Olive (para falta de energia vital)
Oak (para quem, mesmo cansado, continua a trabalhar)
Pine (para culpa)
Red Chestnut ( para preocupação excessiva com alguém amado)
Rock Rose (Para pânico)
Rock Water (para o inflexível, que impõe a si padrões elevados)
Star of Bethlehem (para trauma)
Scleranthus ( para incerteza e desequilíbrio)
Sweet Chestnut (para sofrimento profundo)
Vervain (para animais eufóricos, hiperativos)
Vine (para o dominador e inflexível)
Wild Oat (para decidir o novo caminho a seguir)
Walnut (para situações de mudança)
White Chestnut (para situações repetitivas, ciclicas)
Water Violet (para os fechados nas emoções, solitários)
Willow (para autopiedade, ressentimento)
Wild Rose (para depressão, resignação)
** Rescue- Star of Bethlehem+ Clematis+Rock Rose+ Cherry Plum+Impatiens
Jackline Pinto

Eu e Dra.Carmem Monari, Diretora do Bach Center no Brasil

Eu e Dra.Carmem Monari, Diretora do Bach Center no Brasil

Dani Franco entrevista Dra.Jackline Pinto no Click TV UOL

Dani Franco entrevista Dra.Jackline Pinto no Click TV UOL

Tv Mundi - Dra.Patrícia Bastos entrevista Dra.Jackline Pinto

Tv Mundi - Dra.Patrícia Bastos entrevista Dra.Jackline Pinto
Florais para Animais em 08/11/2011

Cristina Pinho entrevista Dra.Jackline Pinto

Cristina Pinho entrevista Dra.Jackline Pinto
Just TV

Palestra "Florais para Cães"-Livraria Cultura Shopping Bourbon 18/09/09

Palestra "Florais para Cães"-Livraria Cultura Shopping Bourbon 18/09/09

Você ja utilizou os Florais de Bach em vc ou em seu animalzinho?