Contato

Contato
floralpet@gmail.com 12 98877-1614

Não é meu cachorro, É MEU FILHO!!!!!!!


Humanização dos Cães!!!
Como assim ?
Para entendermos melhor o processo de humanização é importante entendermos que os cães são descendentes de lobos, que foram domesticados a cerca de 15.000 anos atrás. Eles se aproximaram dos seres humanos em busca de alimentos e em troca auxiliavam na caça e na guarda.

Desde o final do século XX, os cães estão sofrendo uma nova estruturação familiar.
Antes viviam no quintal, com pouco contato com os seres humanos , o único contato era na hora da alimentação, eles viviam tranqüilos e faziam sua própria matilha.
Hoje felizmente ou infelizmente essa situação está mudando, os cães moram dentro das casas, convivem com nossas famílias e reestruturaram sua nova matilha, ou seja a nova matilha deles é nossa família..
Dentro dessa nova constituição eles ainda possuem o lado instintivo precisam sentir e viver a hierarquia no qual descendem .

Que hierarquia?
A nível instintivo os lobos , ancestrais dos cães possuíam uma hierarquia rígida e muito bem definida- Líder da matilha(alfa), quem caçava, comia primeiro, andava na frente,e era responsável pelo grupo, abaixo do líder existem os Betas e abaixo deste os Omegas (submissos). Embora a hierarquia fosse bem definida os outros lobos sempre buscavam o cargo da liderança,e se o líder abrisse espaço seu cargo seria realmente ameaçado.
Mas e hoje como isso funciona a liderança em nossa família?
Como o cargo de liderança é muito almejado pelos cães, se este não tiver um líder canino ou humano no cargo ele ocupará esse lugar e com muita alegria.


Em minhas consultas sempre escuto:
“Mas qual o problema se meu cãozinho lindo e fofinho ocupar o cargo da liderança,já que ele quer e ficará feliz??”
Vamos em primeiro lugar ver como se comporta um cão dominante na nossa família:
** Late demais,por qualquer motivo, por qualquer barulho, pois está cuidando da matilha dele e late por qualquer ameaça.(interfone, telefone, campanhia)
** Pula demais nas pessoas-confirmação de dominância
** Sempre deixa muito claro que não gosta de ser contrariado ou incomodado, podendo rosnar ou morder.
** Come a hora que quer.
** Não pede carinho ordena
** Passeia sempre com o dono, literalmente leva o dono para passear, puxa e muitas vezes machuca que o condutor.
** Faz xixi em todos os lugares para marcar território, afinal o espaço é dele, a casa é dele, enfim tudo é dele.

Bem será que consegui convencer alguém que é realmente complicado conviver em família com um cão dominante, enfim se ainda não agora acho que vou conseguir!!!
Os cães dominantes tem mais propensão a desenvolver problemas cardíacos e problemas de pele, pois vivem stressados, não relaxam, não dormem profundamente, enfim vivem exaustos. São nomalmente animais com muito medo de fogos e trovões, pois não os conseguem controlar,sentem-se desprotegidos. E agora convenci ??

Acreditando que sim, como vamos tirar essa dominância, isso é possível?

Claro que sim e a maneira pela qual a faremos não é retirando a liderança mas sim transferindo para um outra pessoa, pois o cão precisa ter alguém nessa função. E assim que conseguirmos isso, observaremos que muitas coisas irão mudar.
Os animais com limites e rotinas, são animais mais seguros, mais tranqüilos, pois se sentem protegidos e amados
È importante que durante a consulta comportamental seja transmitido o máximo de informação possível referente ao caso, é importante que o proprietário esteja disposto a fazer sua parte, seguindo as dicas comportamentais que serão passadas.
Como cada caso é um caso o Floral será receitado de acordo com a situação que o animal estiver .

Uma coisa muito importante que observo nessa nova constituição familiar é que cada vez mais os seres humanos buscam os animais para suprir as famosas carências afetivas, filhos são adiados devido ao trabalho aí instinto materno e paterno são depositados no animal, idém para solidão, idosos, pessoas sem companheiros, enfim hoje os animais nos dão muitas alegrias e muitas felicidades e diante de tanta dedicação em suprir nossas faltas, nos sentimos devedores, com isso nos faz mal priva-los de qualquer coisa, portanto não educamos e não colocamos os famosos e tão benéficos limites.



“ Quem Ama Educa- Quem Ama coloca limites- Quem Ama cuida-Quem Ama trata seu animalzinho com os Florais de Bach para que não sofra emocionalmente”
Existe Florais para isso?
Nesse caso principalmente , tanto o animalzinho quanto o "Pai" e a "Mãe"(proprietários) devem ser tratados , pois para que ocorra a mudança no animalzinho, batemos sempre de frente com o sentimento de CULPA nos "pais", sentem-se mau em tirar os mimos que acostumaram a dar para seu "filhinho"(cão).
E para os animais os florais atuam para que o este passe pelas mudanças de forma natural, sem sofrimento, e sem medos, mantendo o emocional equilibrado, não deixando abrir portas para desenvolvimento de doenças físicas.
É muito gratificante para mim, em meu trabalho ver as mudanças, e com elas enxergar que todos se sentem melhor, em um realcionamento equilibrado, com muito Amor, mas também com respeito aos instintos dos animais e vida dos Seres Humanos"
Ir a pizzaria sem pressa, sem se sentir culpado, parece um sonhoooooooooooooooo!!! Mas pode se tornar realidade, pensem nisso!!!!!
Posso ajudar !!! Amo meu trabalho
Jackline Pinto

Nenhum comentário:

Entrevista Globo- 16/08/2009- Vinícius Val Verde

Deixe seu email e receba nossas atualizações:

Confiram nossa entrevista 17/10/2011- Cristina Pinho entrevista Dra.Jackline Pinto

38 essências Florais

Os Florais de Bach atuam equilibrando as emoções de todos os seres vivos- Humanos, animais e vegetais.... e consequentemente alterando comportamentos... Abordagem simples das 38 essências dos florais de Bach:
Agrimony (para animais que demonstram alegria e estão tristes)
Aspen (para medo de algo que não se define)
Beech (para o critico e intolerante)
Cerato ( para falta de segurança e confiança em si mesmo)
Crab Apple (para fraca imagem de si, pessoa que não se aceita)
Clematis (para os que andam com a cabeça nas nuvens)
Centaury (para quem é submisso)
Cherry Plum (Para medo de perder o controle)
Chestnut Bud (para dificuldade de aprendizado)
Chicory ( para possessividade)
Elm (para sobrecarga de obrigações)
Gorse (para falta de esperança)
Gentian (para desanimo nas dificuldades)
Hornbean (para preguiça, falta de energia)
Heather (para os que chamam atenção a todo custo)
Honeysuckle (para os ligados ao passado ou aos que se foram)
Holly (para quem tem raiva)
Impatiens (para os que querem tudo no seu tempo e na sua hora)
Larch (para falta de confiança)
Mimulus (Para medo de coisas definidas)
Mustard (para depressão, tristeza profunda sem explicação)
Olive (para falta de energia vital)
Oak (para quem, mesmo cansado, continua a trabalhar)
Pine (para culpa)
Red Chestnut ( para preocupação excessiva com alguém amado)
Rock Rose (Para pânico)
Rock Water (para o inflexível, que impõe a si padrões elevados)
Star of Bethlehem (para trauma)
Scleranthus ( para incerteza e desequilíbrio)
Sweet Chestnut (para sofrimento profundo)
Vervain (para animais eufóricos, hiperativos)
Vine (para o dominador e inflexível)
Wild Oat (para decidir o novo caminho a seguir)
Walnut (para situações de mudança)
White Chestnut (para situações repetitivas, ciclicas)
Water Violet (para os fechados nas emoções, solitários)
Willow (para autopiedade, ressentimento)
Wild Rose (para depressão, resignação)
** Rescue- Star of Bethlehem+ Clematis+Rock Rose+ Cherry Plum+Impatiens
Jackline Pinto

Eu e Dra.Carmem Monari, Diretora do Bach Center no Brasil

Eu e Dra.Carmem Monari, Diretora do Bach Center no Brasil

Dani Franco entrevista Dra.Jackline Pinto no Click TV UOL

Dani Franco entrevista Dra.Jackline Pinto no Click TV UOL

Tv Mundi - Dra.Patrícia Bastos entrevista Dra.Jackline Pinto

Tv Mundi - Dra.Patrícia Bastos entrevista Dra.Jackline Pinto
Florais para Animais em 08/11/2011

Cristina Pinho entrevista Dra.Jackline Pinto

Cristina Pinho entrevista Dra.Jackline Pinto
Just TV

Palestra "Florais para Cães"-Livraria Cultura Shopping Bourbon 18/09/09

Palestra "Florais para Cães"-Livraria Cultura Shopping Bourbon 18/09/09

Você ja utilizou os Florais de Bach em vc ou em seu animalzinho?