Meu Pet é meu "filho"! Florais


Humanizar um animal não é pratica somente aplicada aos cães, mas provavelmente pela intensidade em que vivem esse processo na nossa sociedade, os nossos adoráveis amigos de quatro patas começam a apresentar problemas de saúde que estão diretamente relacionados ao fato.
Lembrem que não indo muito longe, 30, 20 anos atrás o objetivo dos cães era de cuidar, proteger nossas casas, viviam geralmente presos no quintal, comiam restos da nossa comida e não eram considerados membros da nossa família. Podemos afirmar que nos últimos 10 anos começamos a ver o mercado pet evoluir, chegaram as rações, cada vez mais elaboradas, remédios, roupas, acessórios etc. Mais recentemente eles finalmente cairam na graça das famílias e passaram a ter um lugar na nossa matilha de humanos.
A realidade dos cães mudou drasticamente em 30 anos, secundárias a nossa mudança de estilo de vida, trabalhamos mais tempo, as mulheres assumiram responsabilidades fora do lar, deixamos para ter filhos mais tarde, isso se o tivermos, passamos também por um processo de longevidade, com isso a função dos cães foi alterada, entram como animais de companhia, ou seja suprem nossas carências afetivas, solidão, tristeza, para nossa distração, suprem os nossos instintos paternos e maternos, são realmente tratados como filhos, muitos “Pais de Cachorros” moldam sua vida de acordo com as vontades dos animais, pois em reconhecimento a suas carências preenchidas se vêem na obrigação de mimar, fazer as vontades, e nada lhes é negado, infelizmente em muitos casos o exagero traz sofrimento, é normal hoje em dia vermos doenças serem desenvolvidas como a “Ansiedade de Separação” que provavelmente é a mais comum. Nesses casos o animal só está feliz e em paz se o dono estiver junto, não suporta a distância e sofre literalmente de forma patológica com a ausência dos donos, lambem as patas, salivam, latem desesperadamente, raspam portas, tentam fugas desesperadas,alguns chegam a se auto-mutilar. Outra alteração comportamental muito comum é o aumento de agressividade naqueles cãezinhos com carinha de anjo, pois são muito mimados, fazem o que querem da maneira que querem, não tem limites e conseqüentemente se não são obedecidos reagem com agressividade.
Vc pode estar se perguntando o que fez de errado?? Será que meu excesso de amor está prejudicando meu “filho”?
Essas alterações comportamentais podem e devem ser tratadas. Uma das opções é o tratamento pelos Florais de Bach, eles atuam equilibrando as emoções, fazendo com que vc e seu animalzinho passem por esse processo de forma saudável e equilibrada. E importante dizer que tanto os donos quantos os animais devem fazer utilização dos Florais para um resultado melhor.
Um estudo detalhado do caso e avaliação é sempre feita antes do inicio do tratamento.
Elenco nos boxes abaixo alguns exemplos de Florais que você pode usar:
Ansiedade Separação:
Florais para animais, manipular a 10% de veículo alcoólico:
· Red Chestnut ( para preocupação excessiva com os donos)
· Walnut(pela situação de mudança)
· Honeysuckle ( para saudade).....
Florais para “Pais de cachorros”:
· Red Chestnut ( para preocupação excessiva com o cão)
· Walnut(pela situação de mudança)
· Pine ( para não se sentir culpados).....
· Impatiens ( para ter paciência com o tempo do tratamento) ...l
Agressividade:
Florais para animais, manipular a 10% de veículo alcoólico:
· Vine ( para animais dominantes)
· Holly(para equilibrar o sentimento raiva)
· Cherry Plum ( para perdas de controle, ataque, irritação).....
Florais para “Pais de cachorros”:
· Centaury ( para pais muito submissos)
· Walnut(pela situação de mudança)
· Pine ( para não se sentir culpados em educar e colocar limites).....
· Impatiens ( para ter paciência com o tempo do tratamento) ...l
Importante:
Cada caso é um caso, deve ser avaliado por um especialista, os florais deverão ser receitados de acordo com o momento que o animal se encontra.
Em muitos casos além da Terapia Floral há a necessidade de utilização de medicações alopáticas fortes, em muitas vezes remédios controlados, mas prescritos por médicos veterinários após uma longa avaliação.
Ainda temos dentro das Terapias alternativas opções interessantes como cromoterapia, massagens que diminuem o stress, melhorando auto-estima e seguranças nos nossos amados Cãezinhos.
Me coloco a disposição atendimento :
Consulta Online para todo Brasil - Jackline Pinto (11)7475-7600 (12) 7813-3314

Nenhum comentário:

Entrevista Globo- 16/08/2009- Vinícius Val Verde

Deixe seu email e receba nossas atualizações:

Entrevista Jovem Pan I de III - Patrícia Rizzo entrevista Dra.Jackline Pinto

Confiram nossa entrevista 17/10/2011- Cristina Pinho entrevista Dra.Jackline Pinto

38 essências Florais

Os Florais de Bach atuam equilibrando as emoções de todos os seres vivos- Humanos, animais e vegetais.... e consequentemente alterando comportamentos... Abordagem simples das 38 essências dos florais de Bach:
Agrimony (para animais que demonstram alegria e estão tristes)
Aspen (para medo de algo que não se define)
Beech (para o critico e intolerante)
Cerato ( para falta de segurança e confiança em si mesmo)
Crab Apple (para fraca imagem de si, pessoa que não se aceita)
Clematis (para os que andam com a cabeça nas nuvens)
Centaury (para quem é submisso)
Cherry Plum (Para medo de perder o controle)
Chestnut Bud (para dificuldade de aprendizado)
Chicory ( para possessividade)
Elm (para sobrecarga de obrigações)
Gorse (para falta de esperança)
Gentian (para desanimo nas dificuldades)
Hornbean (para preguiça, falta de energia)
Heather (para os que chamam atenção a todo custo)
Honeysuckle (para os ligados ao passado ou aos que se foram)
Holly (para quem tem raiva)
Impatiens (para os que querem tudo no seu tempo e na sua hora)
Larch (para falta de confiança)
Mimulus (Para medo de coisas definidas)
Mustard (para depressão, tristeza profunda sem explicação)
Olive (para falta de energia vital)
Oak (para quem, mesmo cansado, continua a trabalhar)
Pine (para culpa)
Red Chestnut ( para preocupação excessiva com alguém amado)
Rock Rose (Para pânico)
Rock Water (para o inflexível, que impõe a si padrões elevados)
Star of Bethlehem (para trauma)
Scleranthus ( para incerteza e desequilíbrio)
Sweet Chestnut (para sofrimento profundo)
Vervain (para animais eufóricos, hiperativos)
Vine (para o dominador e inflexível)
Wild Oat (para decidir o novo caminho a seguir)
Walnut (para situações de mudança)
White Chestnut (para situações repetitivas, ciclicas)
Water Violet (para os fechados nas emoções, solitários)
Willow (para autopiedade, ressentimento)
Wild Rose (para depressão, resignação)
** Rescue- Star of Bethlehem+ Clematis+Rock Rose+ Cherry Plum+Impatiens
Jackline Pinto

Eu e Dra.Carmem Monari, Diretora do Bach Center no Brasil

Eu e Dra.Carmem Monari, Diretora do Bach Center no Brasil

Dani Franco entrevista Dra.Jackline Pinto no Click TV UOL

Dani Franco entrevista Dra.Jackline Pinto no Click TV UOL

Tv Mundi - Dra.Patrícia Bastos entrevista Dra.Jackline Pinto

Tv Mundi - Dra.Patrícia Bastos entrevista Dra.Jackline Pinto
Florais para Animais em 08/11/2011

Cristina Pinho entrevista Dra.Jackline Pinto

Cristina Pinho entrevista Dra.Jackline Pinto
Just TV

Palestra "Florais para Cães"-Livraria Cultura Shopping Bourbon 18/09/09

Palestra "Florais para Cães"-Livraria Cultura Shopping Bourbon 18/09/09

Você ja utilizou os Florais de Bach em vc ou em seu animalzinho?