Bebê novo chegando!!!!


Estou grávida feliz pela gravidez mas triste por não saber o que fazer com minha cadelinha “Kika”. Não quero que ela sofra?? Tenho medo que ela morda meu bebê “Maria Fernanda” quando nascer, será que terei que me desfazer dela???
Esse dilema que você está vivendo é muito comum e realmente muito peocupante.
Vamos resumir a história: “Um belo dia seu lindo cãozinho chegou na sua vida, com certeza foi um momento muito alegre e inesquecível, ele chegou e foi tratado como um filho- UM FILHO???, isso mesmo um filho nele foi depositado todo instinto maternal, todas as preocupações de uma mãe com alimentação, não deixá-lo sozinho, educá-lo, colocar limites, levá-lo para passear, muitas vezes os pais deixam de sair para ficar com ele, pois pensam coitadinho vai ficar sozinho, bem os anos passaram mas chegou a hora dele ganhar um irmãozinho ou irmãnzinha,, mas e agora o que vai acontecer com ele??? Ele vai ficar feliz ou triste??


Bem agora , estamos em uma situação delicada, vamos analisar:
O que que esse novo irmãozinho(a) vai trazer de bom para ele nesse início imediato??
Bem a resposta é fácil e rápida, NADA.. Nada!!! Como assim nada?? Se coloque no lugar dele o que acontecerá nesse início imediato-
Pensamentos de um cachorrinho: “Vai chegar um ser estranho na MINHA casa, roubará a atenção da minha mãe e do meu pai em tempo integral, um serzinho chato que chora dia e noite, desde que ele chegou já não me deixam mais nem entrar na sala, isso porque eu dormia na cama da minha mãe e do meu pai, tudo que faço está errado não posso mais subir no sofá .O que que é isso meu Deus o que está acontecendo na minha casa, com a minha mãe e meu pai eles não me amam mais, esse bebezinho chato chegou para roubar meus carinhos, minha atenção , meu quarto veio roubar tudo que é meu, ele vai ver só??? "
Pensando juntos o que um bebê nesse início traz de bom para seu cãozinho? Infelizmente nada mesmo, mas num futuro serão grandes amigos, desde que saibamos fazer desse conflito uma grande amizade e conseguiremos amorizar essa situação, que aparentemente está perdida.
O ideal é que as mudanças ocorram de forma gradativa e natural.


Dicas:
Antes da chegada do bebê:
· Deixar o animal participar da nova rotina da casa; deixe ele entrar no quarto do bebê para que este vá se acostumando aos poucos com os cheiros, os móveis, as músicas do bebê ...
· Comece gradativamente delegar os cuidados em relação a ele para outras pessoas (dar alimentação, passeios; cuidados com higiene; reeducá-lo á ficar sozinho de uma forma saudável (ver cap. Ansiedade de Separação)
· Sempre diga que ele será sempre amado;
· Com o bebê ainda na maternidade, traga uma roupa da mãe e do bebê usada e dê para o seu cãozinho ir se acostumando com seu novo cheiro (amamentação) e conhecendo o cheirinho do bebezinho que em breve ele conhecerá.


Floral para seu Cãozinho(primeiro filho)- Pode ser dado desde o início da gravidez, mas sistemáticamento no último mês.




Fonte:”Florais para Cães”-Jackline Pinto

Nenhum comentário:

Entrevista Globo- 16/08/2009- Vinícius Val Verde

Deixe seu email e receba nossas atualizações:

Confiram nossa entrevista 17/10/2011- Cristina Pinho entrevista Dra.Jackline Pinto

38 essências Florais

Os Florais de Bach atuam equilibrando as emoções de todos os seres vivos- Humanos, animais e vegetais.... e consequentemente alterando comportamentos... Abordagem simples das 38 essências dos florais de Bach:
Agrimony (para animais que demonstram alegria e estão tristes)
Aspen (para medo de algo que não se define)
Beech (para o critico e intolerante)
Cerato ( para falta de segurança e confiança em si mesmo)
Crab Apple (para fraca imagem de si, pessoa que não se aceita)
Clematis (para os que andam com a cabeça nas nuvens)
Centaury (para quem é submisso)
Cherry Plum (Para medo de perder o controle)
Chestnut Bud (para dificuldade de aprendizado)
Chicory ( para possessividade)
Elm (para sobrecarga de obrigações)
Gorse (para falta de esperança)
Gentian (para desanimo nas dificuldades)
Hornbean (para preguiça, falta de energia)
Heather (para os que chamam atenção a todo custo)
Honeysuckle (para os ligados ao passado ou aos que se foram)
Holly (para quem tem raiva)
Impatiens (para os que querem tudo no seu tempo e na sua hora)
Larch (para falta de confiança)
Mimulus (Para medo de coisas definidas)
Mustard (para depressão, tristeza profunda sem explicação)
Olive (para falta de energia vital)
Oak (para quem, mesmo cansado, continua a trabalhar)
Pine (para culpa)
Red Chestnut ( para preocupação excessiva com alguém amado)
Rock Rose (Para pânico)
Rock Water (para o inflexível, que impõe a si padrões elevados)
Star of Bethlehem (para trauma)
Scleranthus ( para incerteza e desequilíbrio)
Sweet Chestnut (para sofrimento profundo)
Vervain (para animais eufóricos, hiperativos)
Vine (para o dominador e inflexível)
Wild Oat (para decidir o novo caminho a seguir)
Walnut (para situações de mudança)
White Chestnut (para situações repetitivas, ciclicas)
Water Violet (para os fechados nas emoções, solitários)
Willow (para autopiedade, ressentimento)
Wild Rose (para depressão, resignação)
** Rescue- Star of Bethlehem+ Clematis+Rock Rose+ Cherry Plum+Impatiens
Jackline Pinto

Eu e Dra.Carmem Monari, Diretora do Bach Center no Brasil

Eu e Dra.Carmem Monari, Diretora do Bach Center no Brasil

Dani Franco entrevista Dra.Jackline Pinto no Click TV UOL

Dani Franco entrevista Dra.Jackline Pinto no Click TV UOL

Tv Mundi - Dra.Patrícia Bastos entrevista Dra.Jackline Pinto

Tv Mundi - Dra.Patrícia Bastos entrevista Dra.Jackline Pinto
Florais para Animais em 08/11/2011

Cristina Pinho entrevista Dra.Jackline Pinto

Cristina Pinho entrevista Dra.Jackline Pinto
Just TV

Palestra "Florais para Cães"-Livraria Cultura Shopping Bourbon 18/09/09

Palestra "Florais para Cães"-Livraria Cultura Shopping Bourbon 18/09/09

Você ja utilizou os Florais de Bach em vc ou em seu animalzinho?